sexta-feira, outubro 10, 2003

O PBL

Mas que raio é isto do PBL? Bem, PBL é o acrónimo de Problem Based Learning. E pergunta o estimado leitor: E o que é isso? Bem, o PBL é o sistema de ensino utilizado pela Universidade de Maastricht. Define-se, basicamente, por uma abordagem mais personalizada do processo de aprendizagem, mais centrada nos problemas com que cada aluno se depara. Assim sendo, tenta-se que as aulas (práticas) tenham um número reduzido de alunos (cerca de 10-15), cuja participação se estimula o máximo. Assim sendo, nas Tutorials (aulas práticas) são os alunos que dirigem a aula, orientam as discussões, apresentam os temas,... O professor (na maioria das vezes, um Tutor), limita-se a certificar-se de que a discussão não sai da direcção que devia tomar, a prestar algum esclarecimento necessário, e claro, a avaliar...
Para ser possível que o sistema dê certo, e porque o funcionamento não se baseia em semestres, mas em bimestres, é preciso que os alunos façam bastante trabalho em casa.
Até aqui, tudo bem... O sistema parece bastante bom na teoria. O problema é passar da teoria para a prática! Os tutores, embora tenham preparação para o serem, são grande parte das vezes alunos, que não têm o nível de “expertise” do docente. Se é óptimo ter professores de renome como regentes das cadeiras, se eles não dão as aulas, perde-se grande parte do seu potencial contributo aos alunos. Por outro lado, ao simplesmente ler a literatura exigida para as aulas não se adquire por vezes o “insight” na matéria que era possível se ela fosse explicada à nossa frente. (Se a cadeira consiste basicamente em ler a literatura e colocar questões na aula, para quê ir de todo à Universidade?) Além disso, o trabalho de casa fica muitas vezes por fazer, o que limita a discussão a meia dúzia de almas que se deram ao trabalho de ler aquela papelada toda.
Não fique o leitor com a impressão de que eu não vejo vantagens neste sistema de aprendizagem, ou que não funciona. É verdade que vejo algumas falhas, mas principalmente na sua aplicação, mas não o posso classificar como MAU, ou PIOR.
É, basicamente uma abordagem diferente, com alguns pontos de vista interessantes.

4 Comments:

At 10:42 da tarde, Blogger Krem's said...

Muito bom u texto kra, eu concordo..

tbm tenho aula em pbl ¬¬

 
At 7:35 da manhã, Anonymous Luiz Fernando said...

Tbm tenho aula praticamente o tempo todo seguindo o PBL e descordo de algumas coisas: 1) os tutores (pelo menos por aqui, na UEL) são professores mesmo, na maioria das vezes com doutorado; 2) os tutorias são mais teoria que prática, na verdade (nunca vi prática em um tutorial);

Por outro lado concordo quando diz que muitas vezes (na maioria delas) os tempo de estudo não é suficiente, e que nem sempre o tutor orienta o suficiente...

 
At 11:22 da manhã, Blogger Raphaella said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 11:25 da manhã, Blogger Raphaella said...

O ABP (Aprendizado Baseado em Problemas)trata-se um método que estimula os alunos a buscarem seu próprio conhecimento através de discussões em sessões tutoriais baseando-se nas Situações-Problema. O tutor é um professor formado que não ensina, mas instiga e estimula o tutorando a obter conhecimento através de estudo autodirigido. O conhecimento é avaliado através da realização de sínteses que retratam a solução do problema apresentado. Por isso não se engane, pois não lemos "aquela papelada toda", mas sim sínteses.

Neste método a teoria e a prática se articulam plenamente, o que facilita o entendimento e forma profissionais que sabem relacionar e executar ambos. Além disso nos força a ser autônomos e lidar com situações inesperadas.

Estudo no UNIFESO Teresópolis - RJ e particularmente amo esta metodologia, pois através dela tenho me tornado uma aluna e profissional melhor.

O tempo realmente é curto para quem deseja cursar uma faculdade no contexto do PBL, pois o aluno é obrigado a estudar, não tem jeito. Mas isto não significa que o tempo de estudo é insuficiente, sei disto pois em minha sala há muitas pessoas que trablham e estudam,e mesmo assim são ótimos alunos.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home