sexta-feira, dezembro 12, 2003

Reflexões

Não sei se é caso único dos portugueses, mas sei que pelo menos nos portugueses não é raro observá-lo...
Passo a explicar:
Tenho passado por aqui tempos fantásticos junto dos meus amigos. Embora até possa parecer estranho, até nem tenho sentido grandes saudades de casa (bem, há aquelas saudades que ficam sempre, mas nada de deprimente.....)!
Curiosamente, à medida que se aproxima a altura de voltar para casa, começo a pensar no que vou fazer quando chegar de novo a Portugal, nas pessoas que há já tanto tempo não vejo, nos lugares que quero visitar, .... e fico com saudades....
No entanto há ainda outro sentimento que, por enquanto, é mais forte nos meus amigos, que é o de que o Erasmus está a acabar. (eu ainda volto em Janeiro, mas eles já não)
E é engraçado que começam a fazer nos seus blogues Posts altamente deprimentes, com aquele sentimento de nostalgia antecipada, de quem vai sentir imensas saudades de aqui estar, e que gostaria de cá ficar mais uns tempos. Mas o pior é que, acho eu, quanto mais pensamos nestas coisas, mais antecipamos estes sentimentos desagradáveis, no entanto, não conseguimos pôr estes pensamentos de lado. (era a isto que me referia no início)
Depois, o sentimento contagia-se, e ficamos todos com cara de caso (estou eu a prever). Por isso, a partir de hoje não vou falar mais em saudades, nem em fins de Erasmus, nem em nada disso. Vou preocupar-me em estudar para os 2 exames que me esperam, vou tentar divertir-me ao máximo com os meus amigos, e quando chegar a hora de voltar a Leiria, cá estarei.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home