quarta-feira, setembro 12, 2007

Malásia

Foi no passado fim de semana, um passeio à ilha de Dayang, na costa Este da Malásia.

Fui com mais 4 colegas aqui do Insead, integrados numa viagem organizada regularmente por um dos centros de mergulho de Singapura. Uma experiência muito espartana, centrada basicamente no mergulho em si, e não na experiência de resort.

Saímos na 6ª às 20 horas de autocarro direitos à Malásia, numa viagem que durou umas 4 horas. Chegados a Mersing (o porto), saímos de barco às 24h30, numa viagem de outras 4 horas, pois chegámos ao alojamento às 4h30. Deu para dormir um bocado no barco, senão ficava maluco...

No sábado de manhã (8h30m), toca a acordar, para comer qualquer coisa, e ir para o mar. Fiz 3 mergulhos, e ao fim de cada um deles voltávamos à praia para comer qualquer coisa, para novamente tomar o barco para o próximo local de mergulho. Houve ainda um 4º mergulho, mas como era nocturno e eu ainda não estou certificado para mergulho nocturno, tive de falhar esse.

Entretanto, lá para as 22h30 estava a cair de sono, e fui dormir, porque às 6h30m iríamos acordar, para ir de novo mergulhar (antes do pequeno-almoço, imagine-se lá). Foi um mergulho fantástico: sentia-se uma calma ainda maior que o normal, e foi engraçado apontar a lanterna para dentro dos buracos para encontrar alguns peixes ainda meio a dormir (incluindo uma lagosta...). Depois voltámos à ilha, pequeno-almoço, e o 2º mergulho do dia, que foi o último do fim de semana. Desta vez foi numa zona com corrente, o que foi mto giro. Basicamente era só deixar-me levar pela água, e nadar só para corrigir a trajectória. Se quisesse parar é que era o problema; a corrente era mto forte, e tinha de me agarrar a uma rocha com força, porque senão lá ia eu... Deixem-me que vos diga; 5 mergulhos num fim de semana cansa que se farta...
Depois do almoço, viagem de regresso, com a mesma duração...

A vida subaquática não era tão rica como aquilo que vi nas ilhas Phi Phi (Tailândia), porque ali há actividades de pesca, enquanto que as Phi Phi são parque natural, mas mesmo assim, foi mto bom. Tinha imensos corais, vi 2 tartarugas, 1 raia, peixes palhaço, peixe leão, barracudas, 1 moreia, etc...

Ficam algumas fotos...
No barco, a tentar dormir

Ui que soninho...


A ilha onde ficámos. A casa comprida à direita foi onde ficámos.



O nosso quarto


Moi et Nico

A malta da pesada -da esquerda para a direita: o João (PT), o Nico (NL/Colômbia), eu, o Felipe (ES), e o Roman(UKR)

Moi


Encontrei o Nemo... (peixe palhaço)


Uma tartaruga simpática o suficiente para se deixar fotografar

1 Comments:

At 10:08 da manhã, Anonymous Filo said...

Encontarr o Nemo também eu gostava e um banco de corais também... o pior é enfiar a cabeça debaixo de água! Isso já não é comigo!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home